Postagens populares

Google+ Followers

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

RIR

COM TRAGÉDIA OU SEM TRAGÉDIA
O QUE EU QUERO É COMÉDIA.

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

SAU-DA-DE...


SAU deve ter relação à lágrima, mesmo sofrendo um disfarce, com o “U” temos um 'sau' especial...aquele que sai do coração, que tempera mais do que o do alimento; o "sau" da vida.
É! Só faz falta o que é importante, o que marca...já o DA vem do que se dá, do que se quer, e do que se deu...o 'DA' é mesmo o próprio, o único, ele apenas se doa. E o DE, ah este, coitado! Fica tão incompleto, deve ser por isso que esta mistura termina nele...ele fica no final esperando reticências, pq saudade deveria ter reticências no final! É uma palavra que continua, que transmite indefinição e, literalmente, não se traduz!

E cada um sente a sua...o 'DE' oferece a individualidade do sentimento. Escolhe de quem, ou do que vai se sentir saudade. Então...

SAU
PORQUE A FALTA FAZ O INSOSSO.
DA PORQUE É DOAÇÃO, É AMOR.
DE... PORQUE TEM MAIS. TEM O MOTIVO...TEM O PORQUÊ.

SAU-DA-DE...

Eu viajo mesmo. Estranho que a saudade sempre dá canja...em toda
arte e em toda parte.

quinta-feira, 28 de agosto de 2008

DIFERENÇA

Quando eu quero mais, você diz menos.
Quando eu quero tudo, você dá pouco.
Se eu repito, você me olha.
Se eu admito, você se cala.

Não, não quero ter que olhar.
Não quero seu perfume sem o meu paladar.

Se arraste ou então se jogue!
Só não permita que eu demore
Pra encontrar, pra esconder...
Pra sentir você.

Se cada um sabe seu caminho
Sou eu aqui e você sozinho.
Porque não tenho mais nem vergonha
O que eu conheço você nem sonha.

Diferença. É tudo que somos.
Tudo que temos é diferença.
E agora?

Todo dia você me diz sem dizer.
Eu calo, eu grito, eu penso.
Você ri, debocha, ignora.
Mesmo assim...bem-querer.

segunda-feira, 18 de agosto de 2008

Faz tempo...

Faz tempo que não apareço.
É que quando percebo anoiteço
e de repente amanheço.
O que faz o tempo comigo?
Não sei se esqueço ou se
não reconheço.
Vai ver é o que mereço por
não parecer quem pareço.


Muita coisa nova, tô indo pra Sampa, agora só Deus sabe...

domingo, 22 de junho de 2008

O TEATRO MÁGICO

"Nem toda palavra é aquilo que o dicionário diz..."
"Tem beijo que parece mordida e mordida que parece carinho..."

Vim dividir com vc, estou escutando o novo cd do Teatro Mágico, "2º Ato"
Entra no site, tem todas as músicas lá...e se vc ainda não conhece, escute o anterior tb, "Entrada só para Raros", bom demais....abraço e boa semana...;)


http://www.oteatromagico.mus.br/

E eu quase dei a volta ao mundo

Você está sentado em sua cadeira, um computador na frente, a tela ta piscando pra você. Não, ela não quer namoro, e sim trabalhos bem feitos. Tudo bem, você está tranqüila até, diferente dos dias iniciais. Uma voz soa ao fundo, e vem junto com um papel chamado de Job. Este aterrisa em sua mesa, praticamente sendo pilotado por um homem bomba.
Aí você olha, pensa, pensa...pensa mais um pouco. Sim, querem uma solução bem pensada, de preferência bem pensada em pouco tempo. O Job tá ali, querendo sair do papel e ir direto pra tela piscadeira. Assim, você começa.
Frases soltas, pensamentos livres vão sendo rebuscados na folha branca do Word. Algumas bobagens, algumas uma total bobagem. Algumas que precisam ser melhoradas, mas com boa intenção. E você pensa, seus miolos fervem. Os coleguinhas de trabalho estão em 360 graus. Olhos espertos e bocas falantes, a atenção precisa perseguir seu caminho, o job precisa ser feito. Dá meio dia.
Pega a bolsa, a chave e o carro. Ainda ganhando coragem, vai dirigindo até em casa. A garagem está cada dia mais estreita, mesmo assim persiste. Sobe às pressas tentando esquecer a folha que tá lá em frente ao computador. Mas, não esquece. Martela na cabeça, uma solução...uma solução...uma solução já! Uma ave-maria caía bem agora. Plimmm, uma idéia! Você sorri, praticamente um orgasmo. Gosta, fica toda boba. O horário de almoço nunca ficou tão grande, quer logo ir para o trabalho ver se tudo faz sentido. Repete a frase pelo caminho, mentalmente.
Pisa lá e pergunta em voz alta, o que acham da idéia. Caras boas, aleluia! Você pensa. Pinta o sujeito, o ponto final. Você mostra, em total empolgação, enfeita como pode, faz cara de esperta e a resposta é: É, você está no caminho! – Opa! Acho que você está derretendo, não, é apenas a sensação, mas isto não seria estranho se acontecesse. No caminho? Depois de ter quase dado a volta ao mundo.



Olhando meus guardados achei este texto, nem sei qdo escrevi, mas faz tempo...engraçado é que algumas coisas nunca mudam...haha...

quarta-feira, 4 de junho de 2008

artísta trabalhador

O artista dá um pedaço de vida a uma obra e se torna mais inteiro.
O trabalhador comum, fornece seu trabalho, se doa inteiro, para
muitas vezes sustentar pedacinhos de uma vida.

sábado, 24 de maio de 2008

Sejamos inteiramente anormais...


Um dia fui gente, outro bicho...
Cantei de alegria, solucei de espanto.
Vi casas velhas na rua, admirei edifícios no alto do morro.
Sondei o sono dos fortes, abri os olhos dos que não tinham forças.

O que mais prezo não são as pessoas e sim, como elas estão agora.
Tudo que sei é que ninguém é, apenas está.
Não digo mais que não sei, somente que ainda vou entender.
Falam-me da paz do canto dos pássaros, eu digo, será que eles se sentem em paz cantando ao lado de uma construção, onde antes eram árvores, onde antes, era a sua moradia.

Quero me encher de dúvidas, quero gritar que a vida me ensina e que a morte me espera.
Se parece estranho louvar os diversos, que sejamos inteiramente anormais.

quarta-feira, 19 de março de 2008

A ENCOMENDA

http://www.youtube.com/watch?v=1PTCb_oXUvY

Já que estou em um clima de despedida, festa de formatura chegando e tals...nada mais pertinente do que relembrar um momento especial desses quatro anos juntos, o nosso Curta...foi bom demais...grandes amigos...sentirei saudades, já tô... ;)

Até O Fim

Zeca Baleiro - Composição: Chico Buarque

Quando nasci
Veio um anjo safado
O chato dum Querubim
E decretou
Que eu tava predestinado
A ser errado assim
Já de saída
A minha estrada entortou
Mas vou até o fim..."Inda" garoto

Deixei de ir à escola
Caçaram meu boletim
Não sou ladrão
Eu não sou bom de bola
Nem posso ouvir clarim
Um bom futuro
É o que jamais me esperou
Mas vou até o fim...

Eu bem que tenho
Ensaiado um progresso
Virei cantor de festim
Mamãe contou
Que eu faço um bruto sucesso
Em Quixeramobim
Não sei como Maracatu começou
Mas vou até o fim...

Por conta de umas questões
Paralelas
Quebraram meu bandolim
Não querem mais ouvir
As minhas mazelas
E a minha voz chinfrim
Criei barriga
Minha mula empacou
Mas vou até o fim...

Não tem cigarro
Acabou minha renda
Deu praga no meu capim
Minha mulher fugiu
Com o dono da venda
O que será de mim?
Eu já nem lembro"Pronde" mesmo que vou
Mas vou até o fim...

Como já disse
Era um anjo safado
O chato dum Querubim
Que decretou
Que eu tava predestinado
A ser todo ruim
Já de saída
A minha estrada entortou
Mas vou até o fim...

"-Como já disse
Era um anjo safado
O chato dum Querubim
Que decretou
Que eu tava predestinado
A ser todo ruim
Todo ruim, todo ruim

"Mas Vou Até O Fim!

terça-feira, 4 de março de 2008

Rompantes...

As vezes é como se o tempo tivesse vida própria, como se ele, o Tempo, fosse um alguém que sabe exatamente que só ele sabe o que faz. Tudo isso fica claro quando de repente a vida dá uma virada, quando você sente lá no fundo que algo mudou, como se o Senhor Tempo precisasse respirar, encher os seus pulmões de ar para enfrentar um momento novo.

O amor é o maior mistério, o mais maravilhoso deles, eu diria até, que ele é a única coisa que importa, se tudo no mundo acabasse o amor seria o único que restaria, ele é infindável, intocável e espetacular. Mas suas facetas confundem e as vezes a gente não sabe o que faz com tanto amor, ou tem dúvidas sobre ele, acha que amor demais assim só pode ser mentira, engano. Mas aí vem o sábio Tempo e vira tudo, com seu ar renovado diz que tudo pode acontecer diante do amor e, que cada momento faz parte de um algo maior.

Depois disso, as coisas ficam mais leves, é bom ter certeza de alguma coisa, saber que no fim tudo realmente dá certo, e dá mesmo COM AMOR.

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008

É Proibido Pensar - Composição: João Alexandre

Procuro alguém pra resolver meu problema
Pois não consigo me encaixar neste esquema
São sempre variações do mesmo tema
Meras repetições

A extravagâncias vem de todos os lados
E faz chover profetas apaixonados
Morrendo em pé rompendo a fé dos cansados
Com suas canções

Está de bem com vida é muito mais que renascer
Deus já me deu sua palavra
E é por ela que ainda guio o meu viver
Reconstruindo o que jesus derrubou
Re-costurando o véu que a cruz já rasgou
Ressuscitando a lei pisando na graça
Negociando com deus

No show da fé milagre é tão natural
Que até pregar com a mesma voz é normal
Nesse evangeliquez universal
Se apossando do céus
Estão distantes do trono, caçadores de deus

Ao som de um shofar
E mais um ídolo importado dita as regras
Pra nos escravizar.É proibido pensar
Procuro alguém pra resolver meu problema
Pois não consigo me encaixar neste esquema
São sempre variações do mesmo tema
Meras repetições
Meras repetições

É proibido pensar...


Esta música é fabulosa, achei impressionante. Tem um video no youtube com ela, aliás, bem polêmico, isso faz a música ser ainda melhor. Confiram!

http://www.youtube.com/watch?v=87ubQOyrtZQ&eurl=http://pavablog.blogspot.com/2007/12/proibido-pensar-2.html


Encontrei isso neste blog, que é outra dica que vale a pena conferir..abraço e ótimo final de semana! ;)

http://pavablog.blogspot.com/2007/12/proibido-pensar-2.html


Gente, pensar faz bem e faz crescer! ;)

quarta-feira, 23 de janeiro de 2008

Áries

"Ainda não vai dar para perceber claramente o quanto mudou tudo para você, pois na prática nada de muito novo acontece. Porém, você vai perceber a dimensão da transformação através da renovação de seus relacionamentos mais importantes."