Postagens populares

Google+ Followers

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

SAU-DA-DE...


SAU deve ter relação à lágrima, mesmo sofrendo um disfarce, com o “U” temos um 'sau' especial...aquele que sai do coração, que tempera mais do que o do alimento; o "sau" da vida.
É! Só faz falta o que é importante, o que marca...já o DA vem do que se dá, do que se quer, e do que se deu...o 'DA' é mesmo o próprio, o único, ele apenas se doa. E o DE, ah este, coitado! Fica tão incompleto, deve ser por isso que esta mistura termina nele...ele fica no final esperando reticências, pq saudade deveria ter reticências no final! É uma palavra que continua, que transmite indefinição e, literalmente, não se traduz!

E cada um sente a sua...o 'DE' oferece a individualidade do sentimento. Escolhe de quem, ou do que vai se sentir saudade. Então...

SAU
PORQUE A FALTA FAZ O INSOSSO.
DA PORQUE É DOAÇÃO, É AMOR.
DE... PORQUE TEM MAIS. TEM O MOTIVO...TEM O PORQUÊ.

SAU-DA-DE...

Eu viajo mesmo. Estranho que a saudade sempre dá canja...em toda
arte e em toda parte.